Polícia

Transexual é morta por testemunhar homicídio de morador de rua

[Transexual é morta por testemunhar homicídio de morador de rua]
31 de Agosto de 2020 às 18:05 Por: Reprodução/Facebook Por: Redação BNews

Dois homens foram detidos, na última sexta-feira (28), suspeitos de terem assassinado três pessoas, em Fortaleza, no Ceará, no último dia 12 de junho desse ano.

Uma das vítimas, uma mulher transexual, de 35 anos, foi morta a tiros pela dupla após testemunhar o homicídio de um morador de rua, chamado Francisco Ediberto dos Santos Brasileiro, de 39 anos.

A transexual Soraya de Oliveira Santiago, que trabalhava como cabelereira, foi encontrada morta pela polícia ao lado do corpo de Francisco. Na mesma madrugada, outro homem em situação de rua, chamado Gerson, de 47 anos, também teria sido assassinado pelos suspeitos.

Segundo informações da polícia, dois dos suspeitos do crime são integrantes de uma facção criminosa e foram detidos. Outros envolvidos nos assassinados também foram identificados e são procurados.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar