Política

Autor do atentado contra Bolsonaro diz que esperava morrer fuzilado pela polícia; veja vídeo

[Autor do atentado contra Bolsonaro diz que esperava morrer fuzilado pela polícia; veja vídeo]
11 de Setembro de 2018 às 08:51 Por: Reprodução Por: Redação BNews

O autor do atentado contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), Adélio Bispo de Oliveira, esperava morrer fuzilado pela polícia, segundo depoimento à Polícia Federal. 

Ele afirmou que estava em Juiz de Fora, em Minas Gerais, há duas semanas e meia para procurar trabalho e que teve duas motivações para o atentado: religiosa e político. 

Para o autor do ataque a faca, Deus teria mandado realizar o ataque e que era contra as ideias de Bolsonaro a respeito de homossexualidade, negros, pobres e índios. 

Conforme familiares, Adélio passava muito tempo fechado no quarto. Contam que ele "sumiu" por um tempo e, ao retornar, alegava ouvir vozes.

Veja o depoimento:

 


 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar