Política

Para Imbassahy, fim da CPMI da Petrobras no Congresso foi vergonhoso

[Para Imbassahy, fim da CPMI da Petrobras no Congresso foi vergonhoso]
19 de Dezembro de 2014 às 07:22 Por: Roberto Viana/Arquivo/Bocão News Por: Redação Bocão News (Twitter: @BocaoNews)

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy, considerou vergonhoso o encerramento dos trabalhos da CPMI da Petrobras, com a aprovação do relatório “chapa-branca” elaborado pelo deputado petista Marco Maia. Foram 19 votos contra 5. “Os aliados da presidente Dilma não queriam nem que a reunião de hoje, quinta-feira, 18, acontecesse. O objetivo deles era enterrar a CPI sem um relatório para não causar nenhum constrangimento ao Palácio do Planalto”, disse Imbassahy.

Segundo ele, muitos senadores e deputados chegaram a se esconder em seus gabinetes, a 50 metros da CPI mista, mas por pressão da oposição e da imprensa, tiveram de dar as caras.

“Uma investigação sobre o maior escândalo de corrupção da história não pode terminar assim. É por isso que vamos enviar o relatório paralelo, que apresentamos ontem, ao Ministério Público Federal e no retorno das atividades do Congresso, em fevereiro, já vamos reunir as assinaturas para uma nova CPMI”, afirmou o líder.

O parlamentar tucano conclui que a comissão mista foi encerrada de acordo com as expectativas do governo, sempre indisposto a esclarecer os sucessivos episódios de desvio de recursos públicos. “Ao longo de todo o tempo, o Palácio do Planalto e a sua base fizeram de tudo para que não avançássemos nas investigações mas elas continuarão em 2015”, avisou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar