Política

Vânia Galvão ironiza aumento do IPTU em Salvador: “Presente de final de ano”

[Vânia Galvão ironiza aumento do IPTU em Salvador: “Presente de final de ano”]
22 de Dezembro de 2014 às 09:51 Por: Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)

O anúncio do reajuste de 6,3% do IPTU em Salvador foi criticado pela vereadora Vânia Galvão (PT).  Para a edil, o aumento do imposto não passa de “uma manobra do prefeito ACM Neto para aumentar a arrecadação sem passar pela Câmara Municipal de Salvador”.

A vereadora reclamou do aumento do IPTU através do decreto e disse que a Prefeitura prejudica a população pobre de Salvador.

“A linha de corte para a isenção de imóveis, que anteriormente era de R$ 80 mil reais, com a Lei º 8473 passou a R$ 75.2 mil. Com o aumento dos valores unitários do IPTU, vai prejudicar a população de baixa renda, que acreditou nas promessas do prefeito e o elegeu. A população que não pagava  a taxa de lixo passará a pagar”, ponderou Vânia Galvão.

A petista reconhece que os vereadores Salvador, à época da aprovação do projeto, não se atentaram para detalhes que podem causar prejuízos para os que eram isentos da taxa de lixo.

“A aprovação deste projeto é  mais uma manobra do prefeito, que oferece como presente de final de ano, aumento do IPTU e mais um ônus para a população de Salvador: a cobrança da taxa de lixo. Mesmo não estando na Câmara quando houve a votação e aprovação deste projeto (meu mandato começou em fevereiro de 2014), não posso deixar de repudiar essa atitude da administração municipal. Onerar quem já não aguenta mais pagar tanto imposto, chega a ser desumano", afirma Vânia Galvão (PT).

Leia mais:
 
 
Publicada no dia 21 de dezembro de 2014, às 12h48
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar