Política

Chuvas: mortes são fruto da negligência do poder público, avalia Bacelar

[Chuvas: mortes são fruto da negligência do poder público, avalia Bacelar]
11 de Maio de 2015 às 10:13 Por: Bocão News Por: Cíntia Kelly (Twitter: @cintiakelly_)
Após a morte de 19 pessoas num intervalo de 15 dias em consequência de deslizamentos de terra em Salvador, o presidente do PTN, João Carlos Bacelar, acusa o poder público de negligência. Ele, no entanto, diz não acreditar que seja culpa isolada da prefeitura de Salvador.
 
Um adendo. Aliados de longos anos, Bacelar e o prefeito ACM Neto (DEM) romperam a relação política após o partido ter perdido espaço na administração e pela quebra de acordo envolvendo a presidência da Câmara Municipal.
 
Bacelar atribui a tragédia em Barro Branco (San Martin), Marotinho (Fazenda Grande) e na Baixa do Fiscal à falta de investimento na contenção de encostas. Para ele, houve também um descaso quanto à manutenção das contenções  construídas.
 
O parlamentar peteenista participa nessa segunda-feira (11) de audiência pública promovida pela CPI do Extermínio da Juventude Negra, da Câmara Federal, na Assembleia Legislativa da Bahia.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar