Política

Farra em Feira: após repercussão negativa, vereadores revogam emenda polêmica

[Farra em Feira: após repercussão negativa, vereadores revogam emenda polêmica]
12 de Maio de 2015 às 10:59 Por: Reprodução Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Após polêmica em torno da emenda à Lei Orgânica do Município nº 096/2015, que dispõe sobre direitos de quem ocupa por mais de dez anos cargos eletivos, de confiança ou servidor público, o líder do Governo na Câmara, vereador José Carneiro (PSL), na segunda-feira (11), na tribuna da Casa da Cidadania, informou que a pedido do presidente da Câmara, vereador Ronny (PSDB) se reuniu com todos os vereadores da Casa e decidiram revogar a emenda.

O vereador José Carneiro acha um contrassenso poder existir uma emenda como esta a nível estadual e a mesma não ser bem vista no município. “No Estado não é crime mas, no Município é. Que balança é essa?”, criticou. Na tribuna, o líder do governo José Ronaldo (DEM) na Casa leu a lei estadual e a municipal, que possuem o mesmo teor, e mostrou sua posição.

“A única coisa que muda na redação é a palavra estadual e municipal, e aí, as vezes, não consigo entender porque tanta deturpação. O servidor público municipal tem que ser convocado pelo prefeito para assumir cargos em comissões, se quiser estabilidade econômica. A lei dá direito ao prefeito escolher, a dedo, para garantir estabilidade econômica. Acho uma contradição, pois temos nesta Casa apenas um servidor público municipal que se elegeu vereador. Um único servidor público municipal, que é exatamente o vereador licenciado Wellington Andrade. Mas, ouvimos por toda a cidade que receberíamos R$15 mil para o resto da vida”, disse.

Carneiro finalizou frisando que a decisão para revogação da emenda não partiu de apenas um vereador. “Essa não é uma iniciativa isolada e sim de todos os 21 vereadores desta Casa, que decidiram revogar a emenda aprovada na semana passada”, reafirmou. O vereador Beldes Ramos (PT), o único a se abster na votação, não participou da sessão de segunda. A revogação da emenda deve entrar em pauta de votação até quarta-feira (13).

Notícias relacionadas:

Farra em Feira: vereadores aprovam gratificação para mandatos e servidores

Feira: vereador diz que colega foi hipócrita em votação de emenda polêmica

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar