Política

Disputa eleitoral está aberta em Alagoinhas

PT, PSB e DEM se apresentam como maiores forças. Rede corre por fora

Publicado em 18/01/2016, às 17h25        Luiz Fernando Lima (twitter: @limaluizf)

A candidatura do deputado estadual Joseildo Ramos (PT) à prefeitura de Alagoinhas será decidida por três instâncias: diretórios estadual, municipal do PT e núcleo político do Palácio de Ondina. A informação é do próprio parlamentar que não descarta apoiar o vereador correligionário na disputa, Luciano Sérgio.
A saída de Radiovaldo Costa do PT não mexeu no tabuleiro político da cidade, conforme apurado pela reportagem. Embora Radiovaldo esteja de malas prontas para a Rede Sustentabilidade, as outras duas candidaturas fortes na cidade devem ser a de Joaquim Neto (DEM) e Sônia Fontes (PSB).
Joaquim conta com o apoio da estrela maior do agrupamento político: ACM Neto. Vai utilizar a estratégia, como tantos outros pré-candidatos aliados do prefeito de Salvador, já na pré-campanha de que importará para o município a experiência administrativa tida como exitosa na capital baiana. As articulações neste sentido estão a todo vapor.
Sônia conta com o apoio da senadora Lídice da Mata (PSB) e do prefeito da cidade, Paulo César (PDT), contudo, a ausência do gestor no lançamento da “pré-candidatura” foi notada e explorada pelos adversário que suscitam a possibilidade de outras costuras estarem em curso. Paulo César enviou o chefe de gabinete para representa-lo no evento, mesmo assim, não há definição do apoio.
Joseildo diz a quem interessar que não está focado na candidatura a prefeito. Argumenta ainda que só será se houver garantias políticas de que as pessoas e segmentos assistidos pelo seu mandato permanecerão sendo contemplados pelas políticas públicas do governo e por quem estiver na Assembleia Legislativa.
O discurso é esse desde o início das especulações, no entanto, dentro do próprio PT de Alagoinhas corre a informação de que o movimento interno do parlamentar é de quem vai ser candidato. Não seria a primeira vez que um agente político diz não para fazer o sim. Confuso, mas não raro.
Alagoinhas é oitavo maior colégio eleitoral da Bahia com 109.902 eleitores. 

Classificação Indicativa: Livre