Política

Arrolado na Lava Jato, Duda Mendonça brinda com amigos em pesca

Um magistrado afirmou que o baiano passou "pela fresta" ao ser absolvido no mensalão

Publicado em 12/11/2016, às 12h18        Redação Bocão News

O marqueteiro Duda Mendonça que recentemente informou ao Ministério Público Federal que recebeu da Odebrecht, por meio de caixa dois, parte dos pagamentos de trabalhos realizados na campanha de Paulo Skaf (PMDB), foi visto brindando com amigos durante uma pesca neste final de semana em Morro de São Paulo, no município de Cairu.
Em imagem, que circula na rede social e em conversas do aplicativo Whatsapp, o baiano aparece ao lado de uma equipe que fisgou um tubarão-mako a 70m de profundidade, em uma ilha nas proximidades. 
A equipe foi comandada por Lucas Mendonça, que já competiu no Campeonato Mundial de Pesca de Oceano, na Costa Rica e garantiu o 5º lugar, em abril deste ano. A lancha utilizada foi de Duda Mendonça, de nome Lika Pesca.
O envolvimento do publicitário Duda Mendonça em mais um episódio irregular de campanha surpreendeu ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que participaram do julgamento do publicitário no caso do mensalão, segundo a colunista Monica Bêrgamo. Alguns se disseram perplexos pelo fato de ele repetir a dose.
A publicação afirma que um dos magistrados afirmou que Duda passou "pela fresta" ao ser absolvido no mensalão, já que havia elementos para condená-lo por lavagem de dinheiro. Na época, foi dado a ele o benefício da dúvida de que poderia de fato não saber de onde viriam os recursos que o PT usou para pagar sua campanha.
Outro magistrado diz não ser possível "prejulgar alguém com base em reportagens de jornais". Mas afirmou que, se confirmado que Duda recebeu recursos da Odebrecht, via caixa dois, pelo marketing da campanha de Skaf em 2014, será um caso de "burrice".

Classificação Indicativa: Livre