Política

Política social de auditório de Huck é manipulação eleitoral, diz Dilma

[Política social de auditório de Huck é manipulação eleitoral, diz Dilma]
13 de Maio de 2017 às 18:23 Por: Marlene Bergamo/Folhapress Por: Redação BNews
A ex-presidente Dilma Rousseff criticou, na noite desta sexta-feira (12), o que chamou de "política social de auditório" do apresentador Luciano Huck, em um evento do partido em Porto Alegre. 
 
"Eu assisti lá em Harvard uma inovação. A inovação é a política social de auditório. Consiste em demonstrar a eficácia de um programa de auditório de um apresentador chamado Luciano Huck." Diante dos risos da plateia, afirmou: "Não riam, isso é real. Ele levou uma das pessoas beneficiadas. Foi aplaudido de pé porque levou uma senhora e ela tinha melhorado de vida".
 
A petista classificou o fato como "gravíssimo". "É o processo que combina a visão de política social neoliberal com a visão, antes era com a visão do gestor, mas estão caminhando a passos largos para ser com a do animador de auditório."Segundo a ex-presidente, há "nitidamente uma tentativa explícita de manipulação eleitoral pretendida obviamente pela Rede Globo".
 
Dilma também criticou o elogio de Fernando Henrique Cardoso ao apresentador. "Me surpreendeu, com todas as divergências que possamos ter, que o senhor presidente Fernando Henrique Cardoso tenha defendido como sendo uma hipótese eleitoral para o Brasil a compreensão de programas de auditório". As informações são da Folha de S. Paulo.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar