Política

85% das delações foram fechadas com pessoas em liberdade, diz Janot

[85% das delações foram fechadas com pessoas em liberdade, diz Janot]
13 de Maio de 2017 às 19:59 Por: Reprodução Por: Redação BNews

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contestou a tese de que a prisão estaria sendo utilizada para forçar delação de réus. Segundo ele, dos 160 acordos de colaboração na Lava Jato, 136 foram realizados com pessoa em liberdade, e apenas 24 com investigados detidos. A declaração foi dada em um seminário na sexta (12), na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas, segundo o Estadão.

“Não se prende para forçar colaboração, mesmo porque a lei diz que a colaboração tem que ser espontânea. Não somos nós, órgãos de controle, que chamamos o réu. A iniciativa tem que partir dele, que contrata um advogado e nos procura”, afirmou Janot.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar