Política

Sem temer retaliações, Marcelle faz críticas ao próprio PV por manter Valcy

[Sem temer retaliações, Marcelle faz críticas ao próprio PV por manter Valcy]
16 de Maio de 2017 às 18:12 Por: Vagner Souza Por: Victor Pinto

O caso da denuncia de assédio sexual feita por uma jovem estudante de psicologia de 21 anos contra o subsecretário de Reparação, Valcy Evangelista (PV), tem rendido críticas da vereadora do PV, Marcelle Moraes. Em conversa com o BNews na tarde desta terça-feira (16), após a audiência da Comissão da Mulher, a verde afirmou que não tem receio de sofrer alguma sanção do partido por defender a saída de Valcy da sigla.

“Não devem ter e não vão ter, pois fazemos um trabalho sério e com honestidade. Isso não vai acontecer. A gente tem o respeito do partido pelo trabalho que a gente faz. Então isso não vai ocorrer de forma alguma. A gente espera uma posição forte e efetiva do partido”.

A irmã do deputado Marcell Moraes classifica como importante se o partido tomasse a decisão de tirá-lo da legenda. “A continuidade de Valcy no partido é extremamente importante para mim, pois ele não me respresenta. Um ato desse de machismo não pode ser defendido pelo partido que defende ideologias e constrói a sociedade como um todo. Valcy não é representatividade para ninguém. Acho que ele não deve continuar no partido, como bem assumir um cargo de chefia no Executivo”, disse.

 

Matérias relacionadas:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar