Política

Liminar impede contratação de mão de obra para o HGE 2, diz Sesab

[Liminar impede contratação de mão de obra para o HGE 2, diz Sesab]
17 de Maio de 2017 às 08:23 Por: Reprodução Por: Redação BNews

A Justiça concedeu uma liminar impedindo a realização de um Pregão Eletrônico no dia 25 de abril de 2017, cujo objeto era o fornecimento de mão de obra médica e demais serviços de saúde para o Hospital Geral do Estado 2 (HGE 2). A unidade que funciona integrada ao antigo HGE, possui 161 leitos, sendo 52 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), bem como 11 salas de cirurgia.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) informou que, em conjunto com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), analisa as medidas cabíveis para a continuidade do certame, porém, como medida cautelar, manteve  a prestação dos serviços a fim de evitar desassistência. O edital de licitação prevê a contratação de serviços de saúde nas áreas de enfermagem, nutrição, psicologia, farmacologia, fonoaudiologia, serviço social, serviços médicos, dentre outros.

Segundo a Sesab, a seleção pública ocorrida em setembro de 2016 para a contratação de mão de obra especializada atendeu todos os requisitos legais, tendo avaliação e respaldo da PGE.                        

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar