Política

“Decisão de não renunciar é decisão de golpista”, analisa Florence

[“Decisão de não renunciar é decisão de golpista”, analisa Florence]
18 de Maio de 2017 às 16:31 Por: Arquivo / Bocão News Por: Victor Pinto

Logo após pronunciamento do presidente Michel Temer (PMDB), procurado pelo BNews para comentar a decisão do peemedebista em não renunciar a presidência, apesar de investigações no STF, o deputado federal Afonso Florence (PT) classificou como “ridículo” as palavras do chefe do Palácio do Planalto. Analisou que essa decisão é de “um golpista”.

“Quem chegou fazendo impeachment sem fundamento, sendo pego num ato de corrupção, tem que renunciar! Temos que ter eleições diretas. Ele fez um pronunciamento na altura dele. Mostrando o tão pequeno ele é. Ele vai fazer de tudo para ficar e tomou uma decisão de golpista”, disse nesta tarde de quinta-feira (18).

Sobre as eleições diretas, o petista afirmou que é necessária a pressão popular para que a PEC passe rápido pelo Congresso Nacional. 

O poítico, uma das principais lideranças do PT baiano, já defende o nome de Lula (PT) para presidente da República. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar