Política

Ao rebater Vilas Boas, Antônio Rodrigues cita investimentos da prefeitura

[Ao rebater Vilas Boas, Antônio Rodrigues cita investimentos da prefeitura ]
20 de Maio de 2017 às 08:12 Por: Redação Bocão News
 
O secretário de Saúde do município José Antônio Rodrigues rebateu, nesta sexta-feira (19), o também, secretário de Saúde, porém do Estado, Fábio Vilas Boas em relação a prioridade de gestão da prefeitura e do governo estadual. 
 
Vilas Boas insinuou que a prefeitura de Salvador não tem a saúde como prioridade durante entrevista à Metrópole FM na manhã de hoje (19). Ao rebater à crítica, Rodrigues afirmou que Villas Boas precisa trabalhar mais e falar menos. O gestor municipal ressaltou os investimentos da prefeitura nas unidades de atendimento de urgência e emergência da capital e o Hospital Municipal. 
 
"Num momento em que a Prefeitura amplia e requalifica sua Rede de Postos de Saúde de forma progressiva, triplica as unidades de atendimento de urgência e emergência e dá início a construção do primeiro Hospital Municipal, cujas obras já estão 50% concluídas, chegam a ser insanas as palavras do secretário estadual da área, Fábio Vilas Boas", disse. 
 
José Antônio lembrou que o estado tem aplicado percentualmente menos recursos na área de saúde do que a Prefeitura. "Em 2016, eles aplicaram cerca de 12%, dentro do limite constitucional. No mesmo ano, aplicados 19%. Ou seja, quem está investindo menos em saúde? Os números desmascaram qualquer discurso fácil. O governo do estado precisa deixar de lançar maquetes eletrônicas e trabalhar de verdade por Salvador", acrescentou. 
 
Ele disse ainda que todo o investimento deflagrado pela prefeitura fez com que Salvador, que ocupava o último lugar em cobertura de atenção básica entre as capitais brasileiras, ganhasse destaque no cenário nacional se tornando na cidade que mais expandiu o indicador no setor, saltando de 18% para a marca histórica de quase 50% dos soteropolitanos assistidos. "Esse crescimento só foi possível graças a reorganização da rede através da requalificação das unidades de saúde aliada à contratação de novos profissionais e implementação de serviços. A Prefeitura requalificou 164 postos de saúde, todos eles entregues à população totalmente equipados, com farmácias abastecidas, novos equipamentos e equipes completas. Também foram convocados cerca de 3.750 novos profissionais, além da adesão do município em programas federais importantes", afirmou José Antônio.
 
 
Publicada originalmente às 20h em 19/05/2017
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar