Política

Lindbergh Farias diz que partido não aceitará acordo para eleição indireta

[Lindbergh Farias diz que partido não aceitará acordo para eleição indireta]
21 de Maio de 2017 às 10:20 Por: Vagner Souza// BNews Por: Cintia Kelly e Juliana Nobre

Após uma semana em que a delação do dono da JBS, Joesley Batista, causou polêmica com a gravação de uma conversa do empresário com o presidente Michel Temer, petistas se reúnem neste fim de semana para o 6º Congresso Estadual do PT-BA. O senador Lindbergh Farias participa da plenária, na manhã deste sábado (20), e comentou sobre a situação do presidente.

“Michel [Temer] tem que largar [a presidência] imediatamente. E temos que fazer eleições diretas”, defendeu o petista. O senador ainda afirmou que o partido não irá aceitar acordos no Congresso Nacional. “Não vamos aceitar nenhum pacto de eleições indiretas no Congresso. Não tem outra saída”, asseverou em entrevista ao BNews.

O senador, que é candidato à presidnete da sigla naiconal, foi citado em delação da Odebrecht por ter supostamente recebido R$ 4,5 milhões nas campanhas de 2008 e 2010 para a prefeitura de Nova Iguaçu (RJ).

 

Matérias relacionadas:

Congresso PT: Wagner desaprova gravações contra Temer com aval da PF

Parece que vai quebrar o pote, mas não quebra, diz Wagner sobre disputas do PED

Rosemberg faz críticas à condução do PED baiano, mas acredita em coesão do PT

Presidente do PT defende reaquecimento do discurso do golpe e das diretas

Para Gilmar, PT precisa de equilíbrio entre institucionalidade e as ruas

Valmir Assunção não descarta renúncia de Temer com aumento da pressão popular

Publicada originalmente às 11h em 20/05/2017

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar