Política

Mais uma vez sem provas, defende Gleisi sobre propina da JBS ao PT

[ Mais uma vez sem provas, defende Gleisi sobre propina da JBS ao PT]
20 de Maio de 2017 às 22:36 Por: Vagner Souza// BNews Por: Cintia Kelly e Juliana Nobre

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-RS) defendeu o partido após as delações da JBS que apontam o pagamento de propina de US$ 150 milhões ao PT, Lula e Dilma em contas no exterior. Em conversa com o BNews no 6º Congresso do PT-BA, na manhã deste sábado (20), a senadora afirmou que “não existem provas”, diferente do que ocorre com o presidente Michel Temer.

“O PT é mais uma vez colocado, mas sem provas nenhuma, não tem gravação, filme. É sempre alguém que diz que tem, que viu alguém que tem. As coisas precisam ser apuradas, todas, de maneira correta, dentro do processo legal e sem tendências”, afirmou ao defender apuração dos fatos.

A petista ainda acredita na renúncia de Temer, que fará novo pronunciamento neste sábado. “São várias soluções [para a saída do presidente]. Acho que a renúncia ainda é uma possibilidade, tem o TSE, o impeachment. Espero que ele tenha o mínimo de grandeza, já que apequenou tanto a presidenta com o golpe, e saia, porque o Brasil precisa de uma estabilidade”, disse.

Gleisi ainda defende eleições diretas. “O povo tem que decidir, cada partido vai apresentar seu nome. Eu acho que tem que ter eleições diretas e para o Congresso também”.

 

Publicada originalmente às 12h

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar