Política

Suíca afirma que falta verba do Estado para reforma do CSU de Pernambués

[Suíca afirma que falta verba do Estado para reforma do CSU de Pernambués]
21 de Maio de 2017 às 10:28 Por: Reprodução Por: Victor Pinto

O vereador Suíca (PT), em contato com o BNews na manhã deste domingo (21), afirmou que não há recursos do governo do Estado para reforma e manutenção do Centro Social Urbano do bairro de Pernambués.

A declaração foi dada após matéria na qual moradores do bairro soteropolitano fazem críticas ao estado de abandono do CSU.

“Eu já tive reuniões, na época, com Carlos Martins, e ele me disse que não tinha dinheiro, não há recursos. O CSU é uma porta que impede a ida das crianças do bairro para a criminalidade. É importante que o Estado busque recursos para poder mantê-lo”, disse.

O edil petista ainda contou que muitas vezes ajudou a recorrer ao comércio local para angariar doações para fazer a comida dos idosos que frequentam o local.

Suíca também contrapôs a declaração do secretário de Esporte e Lazer de Salvador, Geraldo Júnior, que ao BNews garantiu a requalificação do espaço. “Eu não sei que o ele quer fazer num espaço do Estado. Isso é história da carochinha e ele quer ganhar em cima das misérias dos outros”.

Ainda de acordo com o vereador que é tido como um dos representantes do bairro na Câmara de Salvador, é válida também a conscientização por parte do governo de as indicações para os cargos de chefia no CSU seja feito por servidores, de preferência, que conheçam a localidade.

“O que acontece hoje são indicações de deputados que sequer apresentam uma emenda parlamentar destinando verba para o CSU”, afirmou.  

 

Matéria relacionada:

Tinoco isenta prefeitura de degradação do CSU de Pernambués e aponta solução

 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar