Política

FHC diz que seria oportunismo o PSDB deixar o governo imediatamente

[FHC diz que seria oportunismo o PSDB deixar o governo imediatamente]
22 de Maio de 2017 às 14:50 Por: Nacho Doce/Reuters Por: Redação BNews
Ao comentar as denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador afastado Aécio Neves (PSDB), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse, em entrevista à Rede Bandeirantes na noite deste domingo (21), que o PSDB precisa ter "cautela" e que seria oportunismo deixar o governo no primeiro momento. 
 
Na entrevista, o FHC defendeu uma saída para a crise que inclua o PT. “Sei que isso vai desagradar ao pessoal do meu lado, mas você não vai eliminar, tirar da cena brasileira a existência de pessoas que pensam do jeito que o PT pensa”, declarou.
 
Apesar de não mencionar Aécio Neves, citou a suspensão do senador como um dos fatores que indica necessidade de “ordem na casa”: "A esta altura, eu estaria considerando o futuro do Brasil e pensando bem se eu teria condições de governar. Pensando, então, não na pessoa, mas no país. É uma decisão de governo. Eu sou reflexivo e preciso de tempo. Não muito, porque as coisas vão variar com muita velocidade, se desenvolver com muita rapidez. E não sem julgar, porque um julgamento é muito complicado, estamos passando um momento de anomia, há falta de organização e autoridade. E é em toda parte, o Ministério Público autoriza que um empresário ponha um microfone para pegar um presidente, não é uma coisa banal. As delações, algumas conversas são impublicáveis pelo tipo de relacionamento de quem dá e recebe. Um ministro suspende um senador... Não estou julgando, estou dando elementos para perceber que está faltando um pouco de ordem na casa. Quando fui ministro da Fazenda tínhamos isso. Se você não tem condições de colocar ordem na casa e permitir um rumo, o Brasil começar a se desorganizar", avaliou. As informações são do jornal O Globo. 
 
Postado originalmente 10h43
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar