Política

Gravador de Joesley está fora do país e deve ser entregue à PF na terça (23)

[Gravador de Joesley está fora do país e deve ser entregue à PF na terça (23)]
22 de Maio de 2017 às 11:40 Por: Redação BNews
O advogado do empresário Joesley Batista, Francisco Assis, disse que o gravador usado pelo dono da JBS para gravar conversa com o presidente Michel Temer está fora do país e chegará nesta terça-feira (23), pela manhã. Assis afirmou que o equipamento será levado diretamente para a Polícia Federal (PF) assim que o material chegar ao Brasil.
 
A PF solicitou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) ou o próprio Joesley entregassem o equipamento. O empresário usou o gravador escondido para registrar conversa com Temer no Palácio do Jaburu, em 7 de março deste ano. A gravação será periciada por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), após pedido da defesa do presidente.
 
O áudio faz parte da delação premiada na operação Lava Jato de Joesley e do irmão dele, Wesley Batista, donos do frigorífico JBS, que resultou na abertura de inquérito para investigar o presidente, com autorização do STF. Temer é investigado por corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa.
 
Em análise técnica preliminar, o Instituto Nacional de Criminalística apontou que é fundamental ter acesso ao gravador. Por isso, fez o pedido neste domingo (21) à PGR para que entregue ou equipamento ou que pela a Joesley que o entregue.
 
Segundo a PF, não há prazo para a conclusão da perícia, "especialmente diante da necessidade apontada de perícia também no equipamento". A expectativa é que o gravador seja entegue à PF nesta segunda-feira (22).
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar