Política

Juiz Sergio Moro homologa acordo de leniência da Odebrecht

[Juiz Sergio Moro homologa acordo de leniência da Odebrecht]
22 de Maio de 2017 às 18:36 Por: Reprodução Por: Folhapress

O juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância, homologou nesta segunda-feira (22) o acordo de leniência da Odebrecht assinado com os procuradores em dezembro.

No entanto, o magistrado não levantou o sigilo do documento. A leniência é uma espécie de delação premiada da pessoa jurídica.

Com ela, a Odebrecht busca garantir o direito de continuar sendo contratada pelo poder público e retirar entraves em relação a contratar empréstimos junto a instituições financeiras.

No acordo, a empreiteira se compromete a pagar uma multa de cerca de R$ 6,8 bilhões em 20 anos.

Esse valor inclui o montante devido pela Braskem, braço petroquímico do grupo. O dinheiro será dividido entre o Brasil, que ficará com pelo menos 70% dos recursos, Estados Unidos e Suíça.

A força tarefa de Curitiba foi a responsável por negociar os termos da leniência com a empresa, enquanto a PGR (Procuradoria-Geral da República) esteve à frente das tratativas das delações premiadas dos 77 executivos e ex-executivos do grupo baiano.

Como os depoimentos dos delatores incluem fatos envolvendo políticos com foro privilegiado, eles foram homologados pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Em janeiro, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo, homologou as delações das pessoas físicas da Odebrecht.

A homologação é a etapa que valida o acordo.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar