Política

Palmeiras: ex-gestor gasta R$ 155 mil com festa e decreta estado de emergência

[Palmeiras: ex-gestor gasta R$ 155 mil com festa e decreta estado de emergência]
23 de Maio de 2017 às 19:31 Por: Redação BNews

O ex-prefeito de Palmeiras, Adriano de Queiroz Alves, mais conhecido como Didico (PPS) foi multado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta terça-feira (23), por contratar empresas para festejos juninos, em 2016, no valor de R$ 155 mil, e logo depois decretar situação de emergência no município. Para o TCM, o ex-prefeito não estabeleceu prioridades, apesar da estiagem que a população enfrentava.

A corte de contas determinou representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor, para que se apure a prática de ato de improbidade administrativa, em razão da irrazoabilidade dos gastos. Os contratos foram realizados 14 dias antes da decretação do estado de emergência. A empresa contratada foi a Jadson Bastos Macedo para a realização das festas de São João.

O ex-gestor foi multado em R$ 15 mil. Cabe recurso da decisão.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar