Política

Rompeu o estado democrático, diz Solla sobre tropas federais em Brasília

[Rompeu o estado democrático, diz Solla sobre tropas federais em Brasília]
24 de Maio de 2017 às 18:11 Por: Reprodução Por: Juliana Nobre

Após confusão dentro do plenário da Câmara dos Deputados, no fim da tarde desta quarta-feira (24), o parlamentar baiano Jorge Solla (PT) afirmou ao BNews que o clima em Brasília é de “estado policial”. O petista classificou o ato do presidente Michel Temer, de autorizar as tropas federais para “garantir a segurança”, em meio às manifestações, de “rompimento do estado democrático”.

“Isso é um absurdo, estamos rompendo o estado democrático. Falamos há pouco mais de um ano que quando rompeu a democracia e a Constituição com o ‘golpe’. Rompemos tudo. Estamos vivendo um momento bárbaro, vazando áudios, jornalistas sendo atrocidados”, relacionou o parlamentar.

Solla ainda lamentou por alguns manifestantes se rebelarem a atearem fogo em prédios dos Ministérios. “Ali foi uma reação. A polícia veio com gás lacrimogênio. Alguns se dispersaram de forma organizada, outros resistiram, mas alguns poucos, infelizmente reagiram devolvendo com violência. Violência gera violência. Nós queríamos que tudo terminasse como começou, de forma pacífica”, defendeu.

Matérias relacionadas:

Temer chama manifestação em Brasília de “baderna” e manda tropas federais

Deputados se confrontam após Temer mandar tropas federais à manifestação

Clima de guerra: Ministério da Agricultura em Brasília é incendiado

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar