Política

JBS faz proposta de R$ 4 bi para fechar leniência e procuradoria rejeita

[JBS faz proposta de R$ 4 bi para fechar leniência e procuradoria rejeita]
25 de Maio de 2017 às 06:44 Por: Folhapress
A J&F, holding que é dona do frigorífico JBS, fez a proposta de pagar uma multa de R$ 4 bilhões para fechar o acordo de leniência com a Procuradoria do Distrito Federal. 
Um dos donos e delatores da JBS, Wesley Batista, está em reunião com procuradores em que a proposta foi feita para negociar o acordo do grupo. 
 
Os investigadores, porém, negaram a proposta. O encontro acontece desde as 15h em Brasília com advogados da empresa e a força-tarefa da Procuraria do Distrito Federal. 
 
O irmão dele, Joesley, não está participando diretamente das tratativas.  Na semana passada, eles chegaram a se reunir duas vezes em São Paulo mas não chegaram a um consenso. 
 
Naquelas reuniões, os investigadores pediram o valor de R$ 11,1 bilhões para fechar a leniência do grupo. A JBS, porém, fez a contraproposta de R$ 1 bilhão que não foi aceita. 
 
Nesta semana as conversas foram retomada e estão evoluindo segundo pessoas ligadas às negociações. 
 
A leniência funciona como uma espécie de delação premiada da pessoa jurídica e garante a empresa possa continuar contraindo empréstimos com bancos público e também ser contratada pelo poder público. 
 
A Odebrecht fechou seu acordo por R$ 6,9 bilhões.
 
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar