Política

Neto avisa: CCR só terá próximos alvarás se fizer recapeamento da Paralela

[Neto avisa: CCR só terá próximos alvarás se fizer recapeamento da Paralela]
25 de Maio de 2017 às 12:10 Por: Vagner Souza/BNews Por: Aparecido Silva

Um dia após o governador Rui Costa (PT) inaugurar simbolicamente as novas estações do metrô na Avenida Paralela sem cerimônia oficial, da qual o governo Temer já havia demonstrado interesse em participar, o prefeito ACM Neto (DEM) anunciou que só vai liberar os próximos alvarás do equipamento se a CCR concordar em realizar o recapeamento da pista principal da via.

A condição imposta pelo prefeito foi anunciada na manhã desta quinta-feira (25) durante inauguração de uma via marginal à Paralela, na altura da FTC, como parte das intervenções que visam, segundo a prefeitura, visa a melhoria na fluidez do tráfego da avenida.

Em seu discurso, o prefeito fez questão de reiterar a participação da sua gestão no desenvolvimento das obras do metrô soteropolitano. "A prefeitura foi decisiva, logo nos primeiros meses do meu mandato, para que houvesse entendimento com o governo do estado e com o governo federal sobre a obra do metrô, que há 12 anos se arrastava. Era uma novela sem fim. Conseguimos superar os problemas e garantir que hoje o metrô já pudesse estar aqui em Pituaçu e em breve até o aeroporto", disse.

"Fizemos o recapeamento na Paralela na primeira gestão. Com as obras do metrô, alguns trechos foram comprometidos. Estou em negociação com a CCR. Já informei à CCR que as próximas licenças de alvará só vão sair depois que a concessionária do metrô chegar a um entendimento com a prefeitura, porque eles vão ter que recompor a base de tráfego da avenida principal, que vem sofrendo por conta das obras", avisou o gestor democrata.

"A concessionária tem a obrigação, e isso foi uma exigência da prefeitura, de implantar o novo recapeamento da Avenida Paralela", reforçou.

Notícias relacionadas:

"Temer participará de próximas entregas do metrô", garante ministro
"Metrô é obra GG", diz ministro ao "adequar" slogan estadual
Quem disputa paternidade do metrô são os que chamavam de calça-curta, diz Rui
Metrô de Salvador: Estado financiou apenas serviços de consultoria, diz oposição

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar