Política

Leo Prates minimiza 'ovada' e diz que baiano sabe receber visitantes

[Leo Prates minimiza 'ovada' e diz que baiano sabe receber visitantes]
29 de Maio de 2017 às 10:05 Por: Gilberto Júnior/Bocão News Por: Cintia Kelly
 
Apesar do "incidente" com a "ovada" direcionada ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-RJ), o presidente da Câmara Municipal, Leo Prates (DEM), afirmou que o baiano sabe receber seus visitantes. Ele lamentou o episódio que considerou sem maiores gravidades. 
 
O chefe do Legislativo municipal não quis opinar sobre o projeto Escola sem Partido, por ser o "mediador" do debate entre os vereadores Alexandre Aleluia (DEM), proponente da matéria, e Marta Rodrigues (PT), autora do projeto Escola Livre.
 
"Golpista"
 
A cada palavra do presidente da Câmara, Léo Prates, durante audiência conjunta com a Câmara dos Deputados, a galeria responde com "golpista". 
 
Ao dizer que pediu reforço ao 18º Batalhão da Polícia Militar, uma das manifestantes gritou: "Aqui não tem marginal". Ao que Leo respondeu: "é apenas para a segurança de todos vocês". O demista informou que o contingente de policiais na Casa Legislativa caiu de 45 para 17. 
 
Marcada para as 9h, às 10h15 nenhum orador havia falado na audiência. O tempo todo as galerias, cuja lotação está esgotada, se manifestam.
 
Notícia relacionada:
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar