Política

Se cassado pelo TSE, Temer ainda planeja ficar mais quatro meses no poder

[Se cassado pelo TSE, Temer ainda planeja ficar mais quatro meses no poder]
29 de Maio de 2017 às 18:36 Por: Reprodução Por: Redação BNews

Se for cassado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir do dia 6, o presidente Michel Temer (PMDB) já definiu uma estratégia para dificultar sua saída do Planalto. Os cálculos dos aliados traçam a possibilidade de ainda continuar no cargo por 120 dias ou quatro meses. De acordo com o jornal O Globo,  o primeiro passo foi tentar devolver ao Ministério da Justiça o status perdido, com a escolha do jurista Torquato Jardim para comandar a Pasta. Por possuir boa relação no campo jurídico, Torquato poderia ajudar na interlocução. Em caso de cassação da chapa vencedora da eleição de 2014 e do mandato do presidente, Temer ganharia tempo com vários recursos e contaria com uma demora na decisão de chamar eleições indiretas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar