Política

Dilma Rousseff anuncia R$ 30 bilhões para mobilidade urbana

Imagem Dilma Rousseff anuncia R$ 30 bilhões para mobilidade urbana

Os investimentos serão aplicados nas principais cidades do país. Salvador, no entanto, não foi mencionado pela presidente

Publicado em 17/10/2011, às 15h03        Luiz Fernando Lima

A presidente Dilma Rousseff anunciou o investimento de R$ 30 bilhões, pelo governo federal, em obras de mobilidade urbana. A informação foi dada no programa de rádio da EBC, Café com a presidente, divulgado nesta segunda-feira (17). De acordo com a presidente, os recursos serão aplicados na construção de metrôs, corredores exclusivos de ônibus, Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs).

“O metrô é rápido, moderno, transporta muita gente, com qualidade e conforto. Nas cidades brasileiras onde eles já existem, essas vantagens são reconhecidas por toda a população, de todas as classes sociais. Na semana passada, eu estive em Curitiba e em Porto Alegre para anunciar que o governo federal iria investir R$ 1,75 bilhão em cada uma dessas cidades para a construção dos metrôs”.

A presidente, no entanto, não menciona os recursos que serão aplicados em Salvador. Provavelmente, o caso da capital baiana esteja no mesmo bojo dos de outras 20 cidades que apresentaram projetos. “Estamos também terminando de analisar os projetos apresentados por 21 outras cidades. São municípios grandes, com mais de 700 mil habitantes, que se inscreveram para o PAC da Mobilidade Urbana. Nós vamos selecionar metrôs, implantação de veículos leves sobre trilhos, além de projetos de monotrilho, de construção de corredor de ônibus e de terminal de integração”.

Durante a entrevista Dilma garantiu que os projetos vão sair do papel o quanto antes. “Vamos garantir qualidade para que todas as pessoas queiram utilizar o transporte público, o transporte coletivo, independentemente de sua renda. É assim nas grandes cidades dos países desenvolvidos. Queremos que seja assim também no Brasil – transporte público de qualidade e, ao mesmo tempo, direito de ter acesso ao seu próprio carro”.

Para ouvir o programa Café com a presidente, clique aqui

Classificação Indicativa: Livre