Política

Apesar de suspender projeto da Smed, Neto faz elogios a Bruno Barral

Vagner Souza/BNews

Publicado em 22/11/2018, às 10h36    Vagner Souza/BNews    Redação BNews

Na noite desta quarta-feira (21), o prefeito ACM Neto (DEM) determinou a suspensão do projeto da Secretaria Municipal de Educação (Smed) que previa o fim do ensino em tempo integral para crianças com idade de quatro a cinco anos de idade a partir de 2019. O programa havia sido gestado pela pasta comandada por Bruno Barral.

Já na manhã desta quinta (22), o prefeito ACM Neto, ao participar da demolição do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Fruto do Amanhã, localizado, no final de linha do Bom Juá, e autorizar a construção de um novo centro, o democrata falou da sua decisão e fez elogios ao seu auxiliar. "Liguei para o secretário Bruno, que está em viagem fora do Brasil, secretário competente, dedicado, diligente, e perguntei a ele qual é o fundamento daquela decisão. Ele me trouxe justificativas técnicas do setor pedagógico da secretaria. No entanto, é óbvio, a palavra final é minha como prefeito. Fui  eleito para dar a palavra final", ressaltou.

"Imediatamente comuniquei ao secretário que a decisão da secretaria seria reformada por mim e que eu estava determinando a suspensão daquela decisão e assegurando que as crianças de quatro e cinco anos de idade, que já estão matriculadas em tempo integral continuem estudando em tempo integral em nossa cidade", disse o prefeito.

Classificação Indicativa: Livre