Política

Bolsonaro não renovará assinaturas de jornais e revistas impressos em 2020

Agência Brasil

O custo anual das assinaturas impressas (jornais e revistas) era de cerca de R$ 580 mil

Publicado em 18/12/2019, às 07h32    Agência Brasil    Redação BNews

A Presidência da República anunciou na última terça-feira (17), que não renovará os contratos para fornecimento de edições impressas de jornais e revistas em 2020. Segundo informações publicadas pela Folha de S.Paulo, o Palácio do Planalto informou que a decisão obedece uma portaria editada em abril pelo Ministério da Economia com o objetivo de "racionalização do gasto público".

O custo anual das assinaturas impressas (jornais e revistas) era de cerca de R$ 580 mil. No entanto, o Planalto informou que manterá as assinaturas digitais. 

Em novembro deste ano, a Presidência havia excluído a Folha da relação de veículos nacionais e internacionais exigidos em um processo de licitação para fornecimento de acesso digital ao noticiário da imprensa. Criticado tanto por autoridades quanto por entidades, o presidente Jair Bolsonaro recuou e renovou para 2020 o atual contrato, que inclui o jornal.

Classificação Indicativa: Livre