Política

Dilma encurta descanso na Bahia

Publicado em 07/11/2010, às 18h03   Redação Bocão News


FacebookTwitterWhatsApp

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, a presidente eleita Dilma Rousseff (PT) teria antecipado o fim do seu descanso e retornado e à Brasília na noite deste sábado (6), devido ao assédio da imprensa que descobriu onde ela estava, montando um esquema de vigia. A previsão da assessoria era de que ela retornasse à capital no final deste domingo (7).

Dilma passou três dias na casa do empresário João Paiva, na praia do Patizeiro, próximo à Itacaré, no litoral sul da Bahia. O local teria sido escolhido por ser uma área isolada e pelo fato de a casa de Paiva ficar localizada em cima de um morro cercada de vegetação, cujo acesso só é permitido a convidados, o que daria privacidade à presidente eleita.

As informações são de um funcionário da fazenda do empresário paulista, onde vários políticos já ficaram hospedados. De acordo com ele, a equipe de empregados do local havia sido avisada de que a presidente eleita ficaria na propriedade pelo menos até a noite deste domingo.

Um assessor de Dilma, porém, já havia adiantado que ela poderia retornar a Brasília no sábado.
Segundo o Estadão, Dilma teria decolado do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus. A informação teria sido confirmada por um controlador de voo do aeroporto, que não quis se identificar.

A presidente eleita chegou ao litoral sul da Bahia na tarde de quarta-feira (3). Dois dias depois, foi flagrada pela imprensa passeando de quadriciclo e tomando banho de mar na Praia do Patizeiro. No mesmo dia, trabalhadores na região confirmaram que ela estava hospedada na fazenda do empresário paulista. A partir daí, Dilma não foi mais vista em público.

Na tarde de sexta-feira, ela passeou de helicóptero pelo litoral sul da Bahia. Estava prevista que ela voltaria à praia no sábado. Foi montada uma estrutura para recebê-la, com toldo, cadeiras e caixa térmica. Mas a presidente eleita teria desistido após seus assessores constatarem a presença de repórteres e cinegrafistas no local.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp