Política

Rui Costa pede freio a Bolsonaro e compara postura do presidente a "suicídio coletivo"

[Rui Costa pede freio a Bolsonaro e compara postura do presidente a "suicídio coletivo"]
12 de Janeiro de 2021 às 20:15 Por: Vagner Souza/BNews Por: Pedro Vilas Boas e Marcio Simth

O governador Rui Costa (PT) defendeu, nesta terça-feira (12), que seja imposto um freio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por conta da sua atuação durante a pandemia do novo coronavírus. Após a reunião com o candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (MDB-SP), o petista comparou a postura do presidente a de um líder de seita que incentiva o "suicídio coletivo".

"Se o presidente continua tentando impedir que o povo brasileiro pare de morrer, alguém tem que tomar providências. Está todo o mundo numa corrida contra o relógio para salvar vidas, o presidente não está [...] parece que quer que morra mais gente, é irracional. Em algum momento, alguém vai dar um freio nessa loucura, caso não, fica parecendo aquelas seitas religiosas que incentivavam o suicídio coletivo", afirmou Rui.

Apesar de cobrar um "freio" ao presidente, o petista ressaltou que um candidato a presidência da Câmara não deve ter o impeachment como bandeira da candidatura e destacou que seria negativo para estabilidade política do país. A exigência de pautar o impeachment de Bolsonaro tem sido aventada como uma troca do apoio dos deputados do PT ao emedebista.

O deputado federal Baleia Rossi afirmou que a possibilidade da abertura do processo de impeachment será analisada, mas se mostrou cauteloso ao comentar sobre o assunto. "Nós não vamos abrir mão das prerrogativas do presidente e vamos fazer todas as análises. Como o governador [Rui Costa (PT)] falou, não é algo que é de bandeira de uma candidatura, mas tem que ser analisado", complementou.

Nesta terça, o emedebista se reuniu com o senador Jaques Wagner (PT) e, depois, com o governador Rui Costa (PT), numa tentativa de garantir os votos dos deputados petistas baianos. Além do encontro com os petistas, Baleia ainda irá se encontrar com o presidente nacional do Democratas, ACM Neto.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar