Política

PT de Itabuna vive racha após Augusto Castro escolher vereador da sigla como líder do governo

[PT de Itabuna vive racha após Augusto Castro escolher vereador da sigla como líder do governo]
13 de Janeiro de 2021 às 13:28 Por: Divulgação Câmara Municipal de Itabuna Por: Raul Aguilar

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) em Itabuna vive um racha após o prefeito eleito da cidade, o  ex-deputado estadual Augusto Castro (PSD), escolher o vereador Manuel Porfirio (PT) como o seu líder na Câmara Municipal de Itabuna. O problema é que, dias antes da escolha, o diretório do PT havia decidido que não integraria a base do Castro e, com isso, que seus membros não poderiam terem cargos e nem ocupar funções no governo do PSD.

A disputa é motivada, entre outras coisas, pelo fato do PT ter tido candidato a prefeito na cidade em 2020, o ex-prefeito do município, Geraldo Simões (2000-2004). 

“Aceitei o convite pensando no melhor para cidade. O PSD é base do governo Rui e nós não polarizamos na cidade com o prefeito Augusto, que teve 40 mil, contra um pouco mais de cinco mil que tivemos. Neste momento devemos pensar na população da cidade e fazer uma grande união, um esforço para recuperar Itabuna”, destacou Porfirio. 

O vereador e agora líder do PT e do Governo na Casa, disse que o momento não é para “pensar em rixa partidária”. Ele destaca que união ao PSD “não se trata de cargo e nem de espaço de poder”, mas da construção de um “projeto para recuperar, resgatar a autoestima de nosso povo”: “acho que a gente não pode, neste momento, pegar um debate tão grandioso e tornar ele menor. Não tem como neste momento fazer oposição ao governo que não completou um mês; que tenhamos juízo para conduzir as coisas”.

O deputado estadual e líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Rosemberg Pinto (PT), esteve na região sul e, durante entrevista a uma rádio, criticou o presidente do diretório do PT de Itabuna, quem culpa pelo não alinhamento ao governo Augusto Castro. Ele também criticou a gestão de Jackson Moreira como diretor-presidente da Biofábrica de Cacau, que é uma Organização Social que produz e vende mudas de cacau.

“ Está provado que o Jackson não tem capacidade para ser presidente do PT. O que ele fala ninguém escuta, ele sempre foi boneco de ventrículo. Eu defendo a unidade da base do governador Rui Costa, e o Augusto é aliado, filiado ao PSD do senador Otto Alencar. Acho que o Jackson está perdido, sem rumo e prova disso é a péssima gestão dele na Biofábrica, piorou e muito”, criticou Rosemberg.

Decisão colegiada

O presidente do PT de Itabuna e diretor-presidente da Biofábrica de Cacau afirmou, em resposta ao Bnews, que a decisão de não ser base do PSD não foi individual e sim colegiada, com“a maioria do partido, entre os 21 membros da executiva municipal, decidindo por esse afastamento da gestão”. Moreira explica que o caso do vereador Manuel Porfirio, que por ser o único na Câmara dos Vereadores do PT na Câmara dos Vereadores de Itabuna, é o líder da bancada, será “analisada pelo diretório” e “não decidida de forma individualizada” . 

A opinião pessoal de Jackson Moreira é de que “não é compatível” um vereador do partido, após uma decisão do diretório de não alinhamento à gestão do PSD, atuar como líder de governo. Em relação às declarações dadas pelo deputado Rosemberg Pinto (PT), o presidente do PT de Itabuna e diretor-presidente da Biofábrica de Cacau declarou que decisão pela não integração ao governo de Augusto Castro foi colegiada. 

“Não fui eu que decidi. Essa decisão foi da maioria do partido, como já havia dito e o deputado sabe como funciona o PT, como o partido toma suas decisões. Sobre minha gestão na Biofábrica, eu acho que o deputado Rosemberg não é a pessoa mais qualificada para criticar a gestão ou a qualificação alheia, basta olhar o histórico dele em gestão, que conta inclusive com bloqueio de bens”, ironizou Moreira. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar