Política

AL-BA: Oposição pede vista e discussão sobre empréstimo do governo Rui de R$ 500 mi é suspensa

Divulgação

O pedido foi motivado pelos deputados oposicionistas Paulo Câmara (PSDB), Josafá Marinho (Patriota) e Soldado Prisco (PSC)

Publicado em 23/02/2021, às 15h37    Divulgação    Pedro Vilas Boas

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), liderada pelo deputado estadual Sandro Régis (DEM), pediu vista e a sessão que discutia o pedido do governo Rui Costa (PT) para contratar empréstimo no valor de R$ 500 milhões para a Embasa foi suspensa.

O pedido foi motivado pelos deputados oposicionistas Paulo Câmara (PSDB), Josafá Marinho (Patriota) e Soldado Prisco (PSC).

O projeto, que teve relatório do deputado Robinson Almeida (PT) favorável à aprovação, justifica o empréstimo junto ao Banco do Brasil pela necessidade de investimentos em saneamento básico no estado. "[...] Aplicação em Atividades Operacionais e de Investimentos em Saneamento Básico no Estado da Bahia, em consonância com a Lei Federal nº 14.026, de 15 de julho de 2020, Novo Marco Legal do Saneamento Básico”, diz trecho do texto.

Mais empréstimo

O governo do estado também enviou à AL-BA projeto de lei solicitando autorização da Casa para contratar empréstimo também junto ao Banco do Brasil no montante de até R$ 1,5 bilhão. Na mensagem encaminhada aos parlamentares, o Executivo pede que o texto tramite em regime de urgência.

A intenção é viabilizar investimentos previstos no Orçamento do estado nas áreas de infraestrutura de transportes, mobilidade urbana, infraestrutura urbana, fortalecimento de fundo garantidor e gestão governamental.

Classificação Indicativa: Livre