Política

Eduardo Cunha diz que foi injustiçado e Lava-Jato abusou do poder

[Eduardo Cunha diz que foi injustiçado e Lava-Jato abusou do poder ]
15 de Maio de 2021 às 11:40 Por: Agência Brasil Por: Redação BNews

O ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ), que retornou à vida pública após prisão ser revogada, disse que foi injustiçado e afirmou que a Operação Lava-Jato abusou do poder.

“Era uma injustiça. Fiquei esse tempo todo cumprindo medida preventiva mesmo estando num país onde a presunção da inocência é parte da Constituição e só se pode executar a pena depois de a ação transitar em julgado. Me tornei um troféu para o Moro”, disse, em entrevista à Veja.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados contou que viu sentenças serem expedidas pela Lava-Jato rapidamente, indicando um posicionamento político da equipe.

“Na prisão de Curitiba, presenciei as alegações finais de um caso serem entregues tarde da noite e, às 6 da manhã, já haver sentença. A decisão estava pronta e o processo era mero detalhe. No meu caso, a sentença saiu em 36 horas”, afirmou Cunha.

Ainda durante a entrevista, o ex-deputado também negou que tenha conta no exterior, um dos fatores que culminou na cassação do mandato.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar