Política

Ciro Gomes chama Lula de “maior corruptor da história brasileira” e promete ir “pra cima” do petista nas eleições

[Ciro Gomes chama Lula de “maior corruptor da história brasileira” e promete ir “pra cima” do petista nas eleições]
17 de Maio de 2021 às 12:26 Por: Divulgação Por: Redação BNews

Projetando sua quarta disputa à Presidência da República, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) disse que vai “pra cima” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder da corrida eleitoral de 2022, segundo o Datafolha. O pedetista classificou Lula como o “maior corruptor da história brasileira”.

Em entrevista ao Valor Econômico, Ciro também afirmou que o presidente Jair Bolsonaro pode não chegar ao segundo turno nas próximas eleições devido ao péssimo quadro econômico que o Brasil deve enfrentar no próximo ano. “Ele está incitando a tropa, mas vai faltar chão”, analisa o ex-governador, acrescentando que Bolsonaro está em processo de “derretimento”. 

Ele acredita também em uma aliança com PSB, Rede, PV, PSD e DEM, principalmente depois do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, sair do DEM para o PSDB estimulado pelo governador tucano João Doria. “Vão fechando as portas do PSDB, a minha fica aberta”, acrescenta.

Ciro se apresenta como uma terceira via, para derrotar Lula e Bolsonaro, seus principais concorrentes. “Bolsonaro está derretendo e o mais conhecido anti-Bolsonaro é o PT e Lula. Engolem as coisas do Lula para derrotar Bolsonaro. Mas se as pesquisas repetirem o que já estão dizendo, que eu derroto Bolsonaro, que Huck derrota, que Doria derrota, esse fator anti-Bolsonaro vai ficar menos tenso. Bolsonaro, desesperado, começa a tentar relembrar ao povo as razões que deram vitória a ele. Vão recuperar toda notícia da roubalheira, da inadimplência do povo produzida pelo lulopetismo. E aí, esse momento de grande euforia com Lula vai começar a colocá-lo na defensiva e predispor o país a procurar uma terceira via”, analisa.

O pedetista aposta em segundo turno entre ele e Lula. Garante que, por mais que Moro e Huck saiam candidatos, consegue derrotá-los e seguir na disputa. “O único organizado, com o partido harmônico, sem confusão, sou eu. O que se vê com a ciência que é possível nessa área? Hoje, a tendência consistente é que Lula está em seu [patamar] máximo e Bolsonaro, em processo de derretimento”, assegura.

Já sobre Lula, ele vê o petista se esforçando apenas para retomar o poder, ‘mesmo tendo parido Dilma, a crise fiscal’. Ciro culpa o petista por “arrebentar a economia brasileira” e se coloca como solução para recuperar o país.

Ele e o irmão, Cid Gomes (PDT), foram ministros de governos petistas, mas teriam se afastado do partido e de Lula após denunciarem “roubalheiras”. “Quem vai ter que se explicar agora é o Lula porque vou para cima dele. Vamos derrotar Bolsonaro e vou propor mudança. Lula é parte central da corrupção. Lula é o maior corruptor da história moderna brasileira. E não aprendeu nada. Fica na lambança, prometendo a volta de um passado idílico que é mentira”, finaliza.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar