Política

Maia usa matérias de ACM Neto com Bolsonaro e deputados baianos para buscar desfiliação do DEM

[Maia usa matérias de ACM Neto com Bolsonaro e deputados baianos para buscar desfiliação do DEM]
18 de Maio de 2021 às 10:03 Por: Orlando Brito Por: Victor Pinto

O ex-presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ingressou na Justiça Eleitoral, como esperado, com pedido de desfiliação por justa causa do Democratas. A articulação de Maia é convencer, judicialmente, o desalinhamento da sigla com sua atuação política e assim buscar nova agremiação, que deve ser o PSD, sem ser penalizado com a infidelidade partidária. 

A peça, a qual BNews teve acesso, assinada pela advogada Yasmin Brehmer Handar e protocolada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no sábado (15), utiliza na fundamentação a briga que envolveu a eleição da presidência da Câmara Federal. Maia apoiou Baleia Rossi (MDB) em detrimento a Artur Lira (PP-AL), o eleito, que contou com apoio de diversos deputados do DEM baiano, inclusive Elmar Nascimento (DEM). Acusa a sigla de liberar seus filiados no pleito. 

Em uma das fotos é possível ver Lira ladeado por Paulo Azi (DEM), Kanário (DEM), Artur Maia (DEM), Elmar e Leur Lomanto Júnior (DEM) extraída do site O Antagonista. 

O ainda demista também apresenta matérias que mostra fotos do presidente do partido e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ao lado do Presidente Jair Bolsonaro. Cria a narrativa das críticas feitas pelo partido a gestão de Bolsonaro frente a pandemia e que essa relação beligerante resultou na interferência do Planalto na eleição da presidência da câmara baixa. 

“Após o apoio a Arthur Lira na eleição, o DEM passou a manifestar publicamente o interesse em se alinhar ao Governo Bolsonaro, já indicando inclusive eventual apoio ao atual Presidente na corrida presidencial de 2022”, argumenta no processo. 

“Nada mais violento a Rodrigo Maia – e ao projeto político defendido pelo DEM desde o início de 2019 – do que ver o DEM traí-lo no processo de sucessão à Presidência da Câmara e, ainda, alinhar-se de tal modo ao Governo Bolsonaro, a ponto de cogitar compor a chapa do mesmo em 2022. Trata-se de uma postura de grave discriminação política-pessoal contra o Requerente somado a uma guinada à direita nos rumos do DEM”, complementa. 

Há um entendimento de buscar o argumento de que ao criticar abertamente Rodrigo Maia, ACM Neto teria o feito em nome da sigla. “Os adjetivos de que ACM Neto se valeu denotam a elevada hostilidade da agremiação para com o requerente: “ingrato”, “descontrolado”. 

BRIGA - A busca de Maia pela saída do DEM acontece justamente após a queda de braço pelas redes sociais com Neto. 

LEIA MAIS: Expulsão de Maia do DEM após ataque a ACM Neto não livrará cassação do mandato, avalia deputado baiano

Maia comentou a publicação do perfil do DEM no Instagram que reproduziu tuítes de ACM Neto sobre o rompimento da sigla com o governador de São Paulo e pretenso presidenciável João Doria (PSDB). Os comentários avançaram para críticas de cunho pessoal. “Este baixinho não tem caráter […] malandro baiano”, escreveu Rodrigo Maia. 

Nas redes sociais, a fala de Maia foi vista como xenofobia. “Um preconceito com a Bahia que eu tanto amo”, arrematou ACM Neto. 

Após a contenda, o líder do DEM na Câmara Federal, deputado Efraim Filho (DEM-PB), após consenso da bancada, ingressou na Executiva nacional com o pedido de expulsão de Maia. ACM Neto afirmou que esse requerimento deve ser deliberado ainda nesta semana

 

Matérias relacionadas:

ACM Neto chama Doria de despreparado após filiação de Rodrigo Garcia ao PSDB; Maia fala em oportunismo do ex-prefeito

ACM Neto pode sair como vice de Bolsonaro em 22, analisa Maia

ACM Neto rebate Rodrigo Maia e nega que possa ser vice de Bolsonaro

ACM Neto diz que não avaliou corretamente o desgaste que Rodrigo Maia tinha dentro do DEM

DEM não tem disposição de discutir 2022 com Doria, diz ACM Neto

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar