Política

CPI: Ex-ministro nega que Bolsonaro tenha vetado compra da CoronaVac

[CPI: Ex-ministro nega que Bolsonaro tenha vetado compra da CoronaVac ]
19 de Maio de 2021 às 12:50 Por: Reprodução/YouTube Por: Luiz Felipe Fernandez

Convocado a depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o ex-ministro Eduardo Pazuello negou que o presidente Jair Bolsonaro tenha vetado a compra da CoronaVac, quando respondeu a um seguidor em rede social, em outubro de 2020, que a vacina produzida pelo Instituto Butantan com a chinesa SinoVac não seria adquirida pelo governo.

Segundo o militar, a fala de Bolsonaro foi somente uma reação à provocação política do governador de São Paulo, João Doria. A declaração foi dada logo depois do Ministério da Saúde ter anunciado um acordo para a compra de 46 milhões de doses do imunizante.

Pazuello disse que em momento nenhum o presidente deu qualquer ordem para que declinasse da compra, que naquele momento não estava concretizada. 

Em uma live após a negativa de Bolsonaro, Pazuello resumiu: "É simples assim: um manda o outro obedece". 

O relator Renan Calheiros (MDB-AL) questionou a frase, mas o general garantiu se tratar somente de um "jargão militar" sobre algo que havia ocorrido nas redes sociais.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar