Política

CPI da Covid: Randolfe questiona Pazuello por demora em assinar contrato para compra de vacinas

[CPI da Covid: Randolfe questiona Pazuello por demora em assinar contrato para compra de vacinas]
20 de Maio de 2021 às 12:09 Por: Reprodução/YouTube Por: Luiz Felipe Fernandez

Vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Randolfe Rodrigues questionou o general Eduardo Pazuello pela demora do governo federal em assinar acordos e contratos para a compra de vacinas contra a Covid-19.

O senador citou a MP 1026, editada em janeiro, que tinha uma minuta essencial para destravar o Ministério da Saúde e embasar a contratação de imunizantes. 

Segundo Pazuello, não houve "consenso" entre as assessorias jurídicas dos ministérios. 

Apertado por Randolfe, reconheceu que o presidente Jair Bolsonaro estava na reunião ministerial em que ficou decidido que a minuta não seria assinada. Tempos depois, a MP foi decretada sem o dispositivo e assinada pelo então ministro Pazuello e também da Casa Civil, o general Braga Netto.

O general admitiu que o texto foi mudado pelo governo antes de ser publicado, sem citar nominalmente quem.

Segundo Randolfe, a decisão implicou em um atraso de três meses. O senador lembrou que a assinatura do contrato não dependia de uma aprovação prévia da Anvisa.

Em seu discurso final, o vice-presidente da CPI mostrou os dados sobre a pandemia no Brasil, com o maior número de mortes e contaminados, em comparação com países em que as pessoas já podem "se abraçar", como a Nova Zelândia.

Randolfe destacou que o discurso de Pazuello é em defesa ao presidente e que, aqueles que o aconselham hoje, não vão o ajudar em caso processo criminal no futuro.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar