Política

Pazuello comete gafe ao chamar Angelo de militar e senador corrige: 'Coronel é sobrenome'

[Pazuello comete gafe ao chamar Angelo de militar e senador corrige: 'Coronel é sobrenome']
20 de Maio de 2021 às 13:21 Por: Edilson Rodrigues/Agência Senado Por: Léo Sousa

O ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello cometeu uma gafe durante o seu depoimento à CPI da Covid, no Senado Federal, no início da tarde desta quinta-feira (20).

Ao ser questionado pelo senador baiano Angelo Coronel (PSD) sobre ter sido "abandonado" por ex-integrantes do governo federal que depuseram à Comissão Parlamentar de Inquérito, o ex-chefe do Ministério da Saúde afirmou que, assim como o parlamentar, "como militar", tem "capacidade para enfrentar os desafios, com ou sem o grupo de combate".

Após a resposta, Coronel fez a correção, em certo tom de descontração. "Eu queria só fazer uma retificação. Queria aqui comunicar ao general Pazuello que eu não sou militar. 'Coronel' é um sobrenome. Não participei de nenhuma tropa, nem de nenhum comando da Polícia Militar, nem de Exército, Aeronáutica ou Marinha", disse.

"Mas gosto muito das Forças Armadas, da polícia. Me identifico bem, mas eu não sou militar, sem desmerecer quem é", completou o senador.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar