Política

Participação de Pazuello em ato político gera indignação em generais quatro estrelas

[Participação de Pazuello em ato político gera indignação em generais quatro estrelas]
24 de Maio de 2021 às 11:52 Por: Fernando Frazão/Agencia Brasil Por: Redação Bnews

O ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello já admitiu informalmente ao comandante do Exército, general Paulo Sérgio, que errou ao participar da manifestação política ao lado do presidente Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, no domingo (23). A informação é da coluna da Carla Araújo, do UOL.

Agora, Pazuello deverá formalizar suas explicações ao comando que decidirá o futuro do ex-ministro na Força. Ainda de acordo com a coluna, o clima entre alguns generais de quatro estrelas é de "forte indignação". O consenso é de que o Exército tem que adotar uma "punição exemplar" contra o ex-ministro. O regulamento do Exército veda participação de militar em manifestação de cunho político.

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira (24) que o general da ativa entendeu que “cometeu um erro” ao participar do ato. "É provável que seja [punido]. É uma questão interna do Exército. Ele [Pazuello] também pode pedir transferência para reserva e aí atenuar o problema", disse.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar