Política

Deputada Bolsonarista é retirada de avião com item proibido na mala

[Deputada Bolsonarista é retirada de avião com item proibido na mala]
26 de Maio de 2021 às 08:37 Por: Najara Araújo/Câmara dos Deputados Por: Redação Bnews

Após se recusar a ter a mala inspecionada pelos funcionários do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, a deputada federal Alê Silva (PSL-MG) foi retirada do avião pela polícia federal nessa terça-feira (25) quando estava prestes a embarcar com destino a Brasília. A parlamentar entrou na aeronave mesmo depois de ter sido barrada no embarque.  

A deputada negou que não quis autorizar a inspeção de sua bagagem. De acordo com ela, uma funcionária do aeroporto a chamou de “miliciana” e “genocida” por ser ligada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

A PF e a BH Airport, concessionária que administra o aeroporto, dão uma versão diferente e afirmam que a deputada não quis ter a bagagem revistada já que carregava um objeto não permitido para embarque. Incomodada com a abordagem, ela seguiu até a aeronave mesmo depois da proibição.  

Alê esteve em evidência recentemente por usar a estrutura da Câmara dos Deputados para gravar um vídeo em que dança a coreografia viral da música "Carpinteiro", sucesso no 'Tik Tok'.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar