Política

CPI da Covid: Governo contratou AstraZeneca antes da liberação da Anvisa, mas rejeitou CoronaVac

[CPI da Covid: Governo contratou AstraZeneca antes da liberação da Anvisa, mas rejeitou CoronaVac]
27 de Maio de 2021 às 11:54 Por: Reprodução/YouTube Por: Luiz Felipe Fernandez

Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas declarou nesta quinta-feira (26) durante os questionamentos do senador Marcos Rogério (DEM-RR) em sua oitiva na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, que o governo brasileiro optou pela contratação da AstraZeneca e rejeitou a CoronaVac.

O demista perguntou ao cientista se na primeira oferta de 60 milhões de doses em julho, o Governo Federal já tinha informações e dados suficientes para ter segurança de assinar o contrato com o Butantan para o fornecimento da vacina contra a Covid-19.

O pesquisador confirmou que já tinha condições de assinar o contrato que era ainda de intenção de compra, exatamente da forma como foi feita com a AstraZeneca na mesma época,  e que custou R$ 2 bilhões ao Brasil.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar