Política

Após retaliação de criminosos, governador do Amazonas pede reforço da Força Nacional

Divulgação

No ofício encaminhado ao Ministério da Justiça, o governador destaca "grande clima de tensão vivido nas últimas 24 horas pela população do estado"

Publicado em 07/06/2021, às 11h13    Divulgação    Redação BNews

Em meio à escalada da violência no estado, após a retaliação de traficantes à morte do líder de uma facção, o governador do Amazonas, Wilson Lima pediu a ajuda imediata da Força Nacional de Segurança.

No ofício encaminhado ao Ministério da Justiça, o governador destaca "grande clima de tensão vivido nas últimas 24 horas pela população do estado", que presenciou invasões de prédios, ônibus e agências bancárias incendiadas e delegacias de polícia vandalizadas.

De acordo com a CNN Brasil, o ministro Anderson Torres respondeu a Lima que está à "disposição", mas que é necessário observar a evolução da situação no estado.

O governador não pediu ao ministério a transferência de presidiários para prisões federais, já que até o momento não há evidências de que os ataques tenham sido ordenados de nenhum líder que esteja preso no Amazonas.

Além do caos na segurança pública e de ser um dos estados mais afetados pela pandemia, o Amazonas lida ainda com fortes inundações, que atingiram principalmente a capital Manaus, que provocou a cheia dos rios Negro, Amazonas e Solimões.

Classificação Indicativa: Livre