Política

Citada na CPI da Covid, Mia Khalifa publica montagem no Senado

[Citada na CPI da Covid, Mia Khalifa publica montagem no Senado]
10 de Junho de 2021 às 06:36 Por: Reprodução/ Twitter Por: Folhapress

A ex-atriz pornô Mia Khalifa postou no Twitter, nesta quarta-feira (9), uma montagem dela como convidada da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado. Ela já foi citada mais de uma vez nas reuniões da comissão por senadores que defendem o tratamento precoce da Covid com cloroquina.

No dia 2 de junho, o vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse em tom de ironia que pretendia convocar a ex-atriz pornô para prestar depoimento no Senado em provocação ao senador Luis Carlos Heinze (PP-RS).

Heinze citou três vezes na CPI uma atriz pornô, sem citar o nome de Mia Khalifa. Segundo ele, uma atriz pornô fazia parte de uma empresa que financiou uma pesquisa para mostrar a ineficácia da cloroquina no tratamento contra a Covid.

Nas redes sociais, Randolfe também fez postagem com emoji em tom de ironia. “Pessoal, estava refletindo aqui. Se continuar como está, considero inevitável ter que convocar a Mia Khalifa para a CPI”, escreveu.

Depois da piada de Randolfe, Mia Khalifa publicou o meme dela como convidada da CPI com a mensagem: “Uma mulher do povo”. Antes disso, surgiu uma falsa notícia de uma médica “prodígio” no Brasil que defendia o uso da cloroquina no tratamento para Covid e a foto da ex-atriz pornô.

Na época, Khalifa elcomentou o caso em seu perfil no Twitter: “Eu não sei quem precisa ouvir isso no Brasil, mas eu não sou médica, então não aceitem falsos de memes meus que vocês encontraram no WhatsApp”, escreveu Khalifa.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar