Política

Rui Costa detona voto impresso e "tanqueciata": "Vão trabalhar"

Divulgação

""É um governo que não gosta de trabalhar e só gosta de distribuir notícias falsas", diz petista

Publicado em 11/08/2021, às 20h05    Divulgação    Henrique Brinco

O governador Rui Costa (PT) teceu críticas contra a defesa da volta do voto impresso no Brasil, principal bandeira adotada pelo presidente Jair Bolsonaro. O gestor baiano falou sobre o assunto durante o programa "Papo Correia", na noite desta quarta-feira (11). Ele também criticou a realização do desfile de blindados militares, apelidado nas redes sociais de "tanqueciata", realizado em Brasília nesta semana no mesmo dia de votação da PEC que tratava sobre a mudança do modelo eleitoral do país.

"É um governo que não gosta de trabalhar e só gosta de distribuir notícias falsas. Precisa de cortina falsa, dessa brincadeirinha de pedir voto impresso", criticou. "É piada, é brincadeira de mau gosto. Quem brinca com o futuro desse país. Quem brinca nesse falso debate de voto impresso, de tanque de guerra passeando e gastando dinheiro da população. Vão trabalhar", completou.

Na internet, oposicionistas compararam os exercícios militares de Brasília com os que são realizados pelo ditador Kim Jong Un, na Coreia do Norte - o país mais fechado do mundo. O objetivo do evento seria passar a mensagem de que o presidente conta com o apoio das Forças Armadas num momento em que ataca o Judiciário. A ideia teria partido do Comando da Marinha e foi encampada pelo Ministério da Defesa.

Leia mais:

Bolsonaro tentou desfile com blindados em março, mas comandante do Exército vetou

Parlamentares protestam no Salão Negro na Câmara contra "ataques de Bolsonaro à democracia"

"Tanqueciata" de Bolsonaro foi para intimidar Judiciário e Legislativo, admitem assessores

Classificação Indicativa: Livre