Política

Presidente do PV diz que pode seguir com Neto em 22, mas deixa em aberto: 'Nada decidido'

[Presidente do PV diz que pode seguir com Neto em 22, mas deixa em aberto: 'Nada decidido']
18 de Setembro de 2021 às 13:12 Por: Reprodução / YouTube Por: Léo Sousa

Em entrevista ao BNews neste sábado (18), o presidente estadual do Partido Verde, Ivanilson Gomes, deixou o futuro da legenda em 2022, na Bahia, em aberto. De acordo com o dirigente, existe a possibilidade da sigla seguir com ACM Neto (DEM), mas ainda não há definição.

"Nós temos uma discussão interna em que a gente pode sim marchar com Neto. Não temos nada decidido, não tivemos nenhuma conversa, mas há um desejo, também, do partido de ter uma candidatura ao Senado. A gente está trabalhando nisso. Vai depender muito da conjuntura, dos diálogos que teremos para a definição", declarou.

Atualmente, o PV compõe a base do prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM). O vereador André Fraga, do partido, comandou na última gestão de ACM Neto a Secretaria de Sustentabilidade. Em junho, a legenda aprovou em convenção interna, sem definir nome, que lançará candidatura própria ao Senado no próximo ano.

Leia mais: Presidente do MDB na Bahia reforça tese de Lúcio e diz que partido está aberto para 2022

Segundo Ivanilson, o diretório estadual está focado, nesse momento, em reavaliar o desempenho do partido nos municípios baianos. "Criamos uma comissão para avaliar todos os municípios, o desempenho em 2020, avaliando potencial, possibilidade de ter candidatura ou não ter candidatura", diz.

Nesse processo, segundo o dirigente, deve haver trocas em comandos de diretórios municipais. "Tem um grupo acompanhando. Se houver necessidade, haverá [mudanças]. Estamos avaliando um conjunto de fatores. Não só eleitoral. Claro que é o principal, até porque a gente está tratando de processo de eleição. Mas evidentemente há outros pontos nesse conjunto pra avaliar o desempenho dos municípios. Obviamente cada município tem sua especificidade. Por exemplo, o cara não elegeu vereador, mas elegeu vice-prefeito, ou teve bom desempenho no processo... Cada município tem uma realidade. A gente vai ter que saber respeitar, pra não cometer injustiça", afirma.

Nacional

Questionado sobre o cenário eleitoral nacional, Ivanilson Gomes avaliou que há um desenho "extremamente positivo" para os partidos de oposição ao governo Jair Bolsonaro (sem partido), entre eles o PV.

"Evidentente, [a maioria dessas legendas] já tem nomes apresentados. Da parte do PV, não há definição [sobre candidatura própria]. O importante é somar todas as forças para fazer frente a Bolsonaro", defende.

Leia também:

Sabá desabafa após expulsão do PV e detona presidente do partido: “covarde e bandido”

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar