Política

ACM Neto elogia Ciro e Leite, mas diz que 'não vai ficar pendurado em bengala' da eleição presidencial

Gilberto Junior / Divulgação

Publicado em 29/10/2021, às 12h02    Gilberto Junior / Divulgação    Eliezer Santos e João Brandão

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, elogiou nesta sexta-feira (29) o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), e o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), possíveis postulantes à Presidência da República, mas disse que não vai ficar pendurado em bengala da eleição presidencial, ao reafirmar a regionalização da eleição estadual.

"Eduardo é um nome muito melhor, vejo nele agregação política bem mais ampla, acho que ele tem perfil que pode empolgar, animar dentro desse tabuleiro sucessório presidencial do que o governador de São Paulo. Tenho uma relação com Ciro muito boa, de admiração, de construção histórica, dialogo com Ciro sobre questões do Brasil, mas olhando propriamente para eleição presidencial, não tenho duvidas que as condições políticas para 2022 na Bahia vão levar dois processos distintos: escolha presidencial por tais e quais fatores. Eleição para governador pautada por outros fatores específicos", avaliou.

Para Neto, ele está "absolutamente convecido de que a escolha para o próximo governador será inteiramente local". "Quem decide a eleição para governador sao milhões de baianos e não um candidato a presidente da República. Não quero e não vou ficar pendurado numa bengala", afirmou.

Classificação Indicativa: Livre