Política

Quitéria minimiza gafe e aprova motivos do responsável

Veja

Homem escreveu "hoytes" em lugar de "royalties" em faixa que saudava UPB em Brasília

Publicado em 30/01/2013, às 07h44    Veja    Lucas Esteves (Twitter: @lucasesteves)

O início da gestão da prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB) á frente da União dos Municípios da Bahia (UPB) teve uma pequena mas notável gafe durante o encontro de prefeitos em Brasília com o Governo Federal. No primeiro dia do evento, um homem que costuma acompanhar prefeitos da Bahia na capital cunhou uma faixa de apoio às solicitações da UPB, mas cometeu um erro grosseiro de grafia.
Na mensagem, o homem exaltava a presença de Quitéria na cidade na batalha pelo veto à distribuição dos royalties do pré-sal. Entretanto, grafou na faixa “hoytes” em vez de “royalties”. Ficou mal para a prefeita, que disse sequer ter visto a faixa, mas Quitéria minimizou o caso e disse que a mensagem foi tirada de onde estava. A prefeita esclareceu que o homem não tinha autorização para falar em nome da UPB e usar sua marca, mas que a atitude foi de incentivo e preocupação com a entidade e os municípios da Bahia.
“Ele quis agradar. Eu nem vi a faixa, mas no mesmo dia ela foi tirada. Mas o importante mesmo é essa discussão, o que significa que o cidadão mostrou o sentimento de todos nós, nordestinos, com a questão dos royalties. Queremos que toda a imprensa e todo o povo se sensibilize com esta questão, assim como esse homem, contemporizou a líder da UPB.
Quitéria aproveitou para valorizar o evento e disse que o dia de reuniões com ministros foi positivo. Ela disse também estar sendo parabenizada por prefeitos pelo trabalho e pela posse na entidade e que, ao contrário do que tem sido dito, ela não é a única mulher presidente de instituição semelhante à UPB. Além dela, há mulheres presidindo as uniões de prefeitos do Amapá e Ceará.

Nota originalmente postada às 14h do dia 29

Classificação Indicativa: Livre