Política

No Dia do Meio Ambiente, Câmara discute preservação ambiental

Imagem No Dia do Meio Ambiente, Câmara discute preservação ambiental

Entendimento foi destacado na sessão regimental na manhã desta quarta-feira

Publicado em 05/06/2013, às 15h56        Redação Bocão News

Em sessão regimental, na manhã desta quarta-feira (5), a Câmara Municipal celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente. No debate prestigiado por estudantes e ambientalistas, os vereadores observaram que viver melhor passa pela preservação do meio ambiente. Para o vereador  Luiz Carlos Suíca (PT), presidente da Comissão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, o tema também passa por projetos que repercutem diretamente na limpeza urbana. O vereador atentou para a importância da reciclagem dos resíduos sólidos, visto como “processo fundamental para a preservação do meio ambiente”.

Ampliando o debate da sessão regimental, relacionando o tema meio ambiente com a questão da mobilidade urbana de Salvador, o vereador Suíca lamentou a situação caótica do trânsito da cidade, por conta das intervenções da Fifa nas áreas do entorno da Arena Fonte Nova.

Os ambientalistas, observou a vereadora Ana Rita Tavares (PV), centralizam as discussões do meio ambiente destacando o desmatamento, a poluição do ar e a contaminação dos mananciais hídricos. Na compreensão da vereadora, o tema animal deve ser inserido nas discussões ambientais. A vereadora propôs a criação da Secretaria Municipal dos Direitos dos Animais, espelhando-se na cidade de Porto Alegre.

“O meio ambiente prestigia a todos e qualquer habitat natural. O papel dos vereadores é solicitar políticas públicas para reeducar a população quanto ao tratamento aos animais”, ressaltou a vereadora Ana Rita.

O vereador Gilmar Santiago (PT) afirmou que o meio ambiente representa a vida. “Buscamos dignidade em todos os aspectos, inclusive o ambiental”, salientou.

Ambientalistas

A bióloga e representante do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), Maria Daniela Guimarães, afirmou que os moradores de Salvador precisam exercer sua responsabilidade ambiental com o auxílio da prefeitura. “Ainda há muito trabalho a ser idealizado e concretizado para definição de planos ambientais pelo governo municipal”, afirmou.
Segundo Ingrid Teixeira, da ONG Terra Verde Viva, o papel individual do homem faz diferença na sociedade. “Enquanto as pessoas não perceberem a grande importância e o poder decisivo que possuem, o mundo não evoluirá em seu processo natural”.


Data comemorativa

Além de ambientalistas, acompanharam o debate no Plenário Cosme de Farias da Câmara a professora da Universidade Federal da Bahia e arquiteta Maria Lúcia Araújo e estudantes do Colégio Estadual Ministro Aliomar Baleeiro, de Pernambués.
O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pela Assembléia Geral das Nações Unidas, em 1972, marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano.

Classificação Indicativa: Livre