Política

Parlamentar é acusado de nepotismo

Publicado em 22/01/2011, às 19h16   Redação Bocão News


FacebookTwitterWhatsApp

O senador Gim Argello (PTB-DF) é acusado de nepotismo em Brasília. Ele teria empregado em seu gabinete a namorada do filho Argello Júnior, conhecido como Ginzinho.

Mariana Naoum, filha de um empresário famoso de Brasília, foi nomeada assessora parlamentar em dezembro de 2008. Desde então, já foi promovida quatro vezes e agora ocupa um cargo com salário que pode chegar a cerca de R$ 6.000.

As informações são da revista "Época" e foram confirmadas pela Folha no quadro de servidores comissionados do Senado. Sobre a acusação, Argello alega que Mariana e Ginzinho já se conheciam, mas começaram a namorar depois de ela ser contratada pelo gabinete.

"Ela foi promovida, pois trabalha direitinho, mas se for proibido eu vou ter que demiti-la", disse.

Argello era relator do Orçamento para 2011, mas teve que ser substituído após ser acusado de destinar dinheiro do Ministério do Turismo para entidades de fachada. Se não bastastasse, o senador ainda é acusado de destinar emenda do Orçamento para obra em cidade que tem investimentos imobiliários de sua família.


Com informações da revista Veja e jornal Folha do Estado

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp